blog

Benchmarking imobiliário: o que posso aprender com meu concorrente?

21 de Agosto de 2019

Quem trabalha com vendas sabe que estar atento às novas tendências é fundamental para se tornar referência no mercado. Contudo, muitas empresas concentram a estratégia apenas na análise do público-alvo, esquecendo que os concorrentes à sua volta também são fundamentais para seu fortalecimento.

Por isso, a Competence Incorporações preparou um material para discutir o papel do Benchmarking Imobiliário na construção de uma marca consolidada, que aprimora sua conexão com os clientes a partir dos pontos fortes e fracos de negócios similares. 

Entenda como a concorrência pode ajudá-lo a ganhar mais destaque na sua área de ação.

O termo benchmarking trata da avaliação de uma empresa a partir das concorrentes, na qual possam ser identificadas iniciativas similares à sua e que estão com melhor desempenho entre os consumidores.  

No setor imobiliário, o benchmarking deve fazer parte da rotina de trabalho do corretor. Isso porque ele permite que você entenda como são projetadas as ações da concorrência, o processo de vendas e as soluções encontradas para persuadir a audiência, atitudes que podem estar passando despercebidas pelo seu dia a dia.

Devemos ressaltar que a técnica não corresponde à reprodução de estratégias do outro, e sim uma ferramenta complementar para interpretar o que está acontecendo com seu potencial cliente. Neste processo, o corretor faz uma coleta de informações e verifica o que vale a pensa ser repensado na empresa. Mas atenção! As ideias adaptadas para sua organização devem ser colocadas em prática gradualmente, priorizando a responsividade dos clientes. 

Quer saber como aplicar tudo isso na prática? Você pode começar por estes 3 passos:

Analise suas ações

Antes de estudar o que é semelhante, olhe para dentro do seu próprio escritório. Desta forma, é mais fácil identificar o que pode ou não ser aperfeiçoado. Aconselhamos que você liste o SWOT da empresa - ou seja, os pontos fortes, fraquezas, oportunidades e ameaças em relação aos concorrentes.

Compare o que está sendo feito

O que o concorrente oferece que pode ser mais útil que seu próprio serviço? Faça essa pergunta e tente se colocar no lugar do cliente. Vale acompanhar desde vendas bem-sucedidas até a apresentação da empresa. Afinal, os canais de comunicação nas redes sociais, por exemplo, são uma porta de entrada para que o consumidor conheça seu trabalho. 

Anote o que você, na posição de corretor, faria para melhorar o concorrente. Depois, veja se sua empresa é tão boa quanto e invista nas necessidades do seu público. Mapear a jornada de compra do cliente pode ser uma boa pedida nessa fase. 

Tire as propostas do papel e seja flexível

Se você já sabe tudo o que é preciso fazer pela sua imobiliária, não guarde essas ideias no baú. Crie um novo planejamento e comece a colocá-lo em prática nas pequenas ações, como manter uma comunicação mais frequente com a clientela. 

Não precisa mudar sua abordagem do dia para a noite, mas esteja pronto para experimentar outras formas de se aproximar do público e até mesmo fechar negócios. Lembre-se: talvez sua marca não seja a mais famosa no mercado de imóveis, porém ações bem pensadas e um atendimento excepcional certamente irão torná-la uma referência entre os consumidores. 

Gostou das nossas dicas? Esperamos que o Benchmarking Imobiliário impulsione seus negócios e seja fonte de inovação para alcançar novas vendas.

Deixe seu comentário neste post sobre como a Competence te fez pensar sobre o assunto.  

Conheça o Park Offices Menino Deus, o empreendimento com a localização perfeita para o sucesso.